Em preparação para colocar o mapa São Miguel City no Guia de Mapas, fiz uma pequena correção no mapa. Em três trechos da linha 3459-10 as splines estavam invertidas. Isso fazia com que, pelo menos ao usar a opção de carregar o mapa inteiro ao iniciar (que eu uso), um dos ônibus AI da linha aparecesse em uma dessas splines na contramão e não conseguisse continuar, bloqueando a passagem dos subsequentes que acabavam formando uma fila atrás dele e ficando todos parados. Essa correção ajusta as splines e ajusta as rotas afetadas (3459-10 rota 1 e Reservado N301 Rota 3).

Clique aqui para baixar – São Miguel City patch v1.2 by David Santos

IMPORTANTE: Antes de instalar essa atualização, é necessário instalar:

  1. O mapa (obviamente).
  2. A atualização v1.1.
Clique para ver comentários ou comentar...


Fiz essas skins para o CAIO Millennium IV e CAIO Mondego II by R.Kmargo, usando como base o manual de identidade visual da SPTrans e fotos na Internet.

Clique aqui para baixar
Extraia na pasta do ônibus.

Fiz skins de todas as áreas (1 – Santa Brígida, 2 – Sambaíba, 3 – Consórcio Plus, 4 – Ambiental, 5 – Via Sul, 6 – Cidade Dutra, 7 – Campo Belo, e 8 – Gato Preto) para as quatro versões do ônibus: Millennium IV, Millennium IV articulado, Mondego II, e Mondego II articulado.

Importante:
Patch para os Ônibus:
Clique aqui para baixar

Nesses ônibus, o Símbolo Internacional de Acesso (o quadrado azul com o símbolo de cadeira de rodas) originalmente foi colocado como um objeto na carroceria. Infelizmente, ele não estava na posição e tamanho exigidos pela SPTrans. Por conta disso, coloquei o SIA na skin mesmo, e fiz um pequeno patch que o remove da carroceria. Sem esse patch, ao usar essas skins aparecem dois SIA, um de cada lado da porta (em alguns casos obstruindo parte do logo da Prefeitura), e dois na traseira, um parcialmente sobre o outro.

Nota: Ao instalar esse patch, skins que não possuem o SIA nas laterais e traseira do veículo (incluindo as que vêm com esses ônibus) ficarão sem o SIA. Se isso incomodar, basta abrir a skin num editor de imagens, copiar o SIA (que apesar de não aparecer nas laterais e traseira ainda está no mesmo arquivo pois ainda aparece no pára-brisa) e colar na posição correta nas laterais e na traseira.

20170611102501_1

Fiz uma live no YouTube enquanto fazia essas skins. Veja o vídeo abaixo. Note que no vídeo eu fiz apenas uma, visto que as outras seriam basicamente cópias, e que percebi a necessidade de fazer algumas mudanças depois que o vídeo estava concluído. Por conta disso as skins não ficaram exatamente como aparecem no vídeo.

Extras (não são necessários para usar as skins):
Base Editável: Baixar

Baixe apenas se for editar as skins ou adaptá-las para outros ônibus. Não extraia na pasta do OMSI. Abra com o Adobe Fireworks CS6 (se preferir usar o Photoshop, é só abrir no Fireworks e salvar como PSD). Postagem de modificações está liberada, desde que você não cobre pelas modificações, não use outras formas de ganhar dinheiro com elas (e.g. AdFly), e que ao postar você inclua um link para este post. A licença dessas skins é CC-BY-NC-SA 3.0 BR.

Mais Fotos:

(leia na íntegra…)

Clique para ver comentários ou comentar...


Fiz essas skins para o Marcopolo Torino 2014 by Felipe Wergan, usando como base o manual de identidade visual da BHTrans e fotos na Internet.

Peço desculpas de antemão porque não conheço nada do sistema de Belo Horizonte.

Versão Normal: Baixar
Extraia na pasta do ônibus.

*Novo* Versão Sem Prefixos (adic. 21/01/2017): Baixar
As mesmas skins da versão normal, mas sem o número do carro e o nome do consórcio. Você pode instalar só esta versão, sem a versão normal, se preferir, mas você pode instalar as duas versões sem problemas. Se instalar as duas versões, ao adicionar o ônibus no jogo você escolhe se quer usar a skin BH ou a BH Sem Prefixo.

Fiz as skins para quatro versões do ônibus: MB 3 portas, VW 3 portas, MB Padron (3 portas), e VW Padron (3 portas). Ou seja, não fiz para as versões de duas portas.

Extras (não são necessários para usar as skins):
Versão Editável: Baixar
Baixe apenas se for editar as skins ou adaptá-las para outros ônibus. Não extraia na pasta do OMSI. Abra com o Adobe Fireworks CS6 ou mais novo. Postagem de modificações está liberada, desde que você não cobre pelas modificações, não use outras formas de ganhar dinheiro com elas (e.g. AdFly), e que ao postar você inclua um link para este post. A licença dessas skins é CC-BY-NC-SA 3.0 BR.

Correção Painel do VW: Baixar
Extraia na pasta do ônibus. Corrige as luzes de freio de mão e campainha no painel.

20170114005821_1

Mais fotos:

(leia na íntegra…)

Clique para ver comentários ou comentar...


Fiz essas skins para o Marcopolo Torino 2014 by Felipe Wergan, usando como base o manual de identidade visual da SPTrans e fotos na Internet.

Tomei algumas liberdades porque até onde eu sei esse modelo não roda em São Paulo.

Clique aqui para baixar
Extraia na pasta do ônibus.

Fiz as skins para quatro versões do ônibus: MB 3 portas, VW 3 portas, MB Padron (3 portas), e VW Padron (3 portas). Ou seja, não fiz para as versões de duas portas.

Extras (não são necessários para usar as skins):
Versão Editável: Baixar

Baixe apenas se for editar as skins ou adaptá-las para outros ônibus. Não extraia na pasta do OMSI. Abra com o Adobe Fireworks CS6 ou mais novo. Postagem de modificações está liberada, desde que você não cobre pelas modificações, não use outras formas de ganhar dinheiro com elas (e.g. AdFly), e que ao postar você inclua um link para este post. A licença dessas skins é CC-BY-NC-SA 3.0 BR.

Correção Painel do VW: Baixar
Extraia na pasta do ônibus. Corrige as luzes de freio de mão e campainha no painel.

Skins Torino 1

Mais Fotos:

(leia na íntegra…)

Clique para ver comentários ou comentar...


Clique aqui para ver a parte 1, onde falo sobre mover a câmera no jogo movendo a cabeça e sobre usar face tracking (rastreamento do rosto) para detectar a posição da cabeça com uma webcam.

Neste post eu falo sobre detectar a posição da cabeça usando um método mais confiável: point tracking. Consiste em montar um clip com três LEDs infravermelhos e prendê-lo em um headset ou boné. O computador consegue detectar a posição da cabeça com base na posição desses LEDs de forma bem mais rápida, confiável e estável do que quando se usa face tracking.

Como prometido, montei o clip com 3 pontos infravermelhos ativos. Além disso, troquei a câmera. Estava usando uma genérica de R$ 35 que capturava em 640×480 a 8 FPS; troquei por uma Logitech C270 (paguei R$ 120 na Santa Ifigênia, mas tem pra comprar na internet por ~R$ 80) que captura em 1280×720 a 30 FPS. Vale lembrar que quanto maior o framerate da câmera melhor vai ser o movimento da câmera do jogo (i.e. menos delay/lag e menos casos de o programa detectar a posição incorretamente), tanto em point tracking quanto em face tracking.

Veja nesse vídeo uma demonstração de uso no OMSI 2:

Aqui mais uma demonstração de uso, dessa vez no Euro Truck Simulator 2:

Continue lendo para ver o esquema do circuito e fotos.

(leia na íntegra…)

Clique para ver comentários ou comentar...


Atualização: Como prometido, montei o clip com 3 pontos infravermelhos ativos. Clique aqui para ver.


Sempre tive curiosidade sobre o TrackIR, que é uma forma de controlar a câmera com a cabeça. Ele possui uma câmera e um clip com 3 LEDs infravermelhos que você encaixa no headset ou em um boné. A câmera detecta a posição dos LEDs e com base nisso a posição da sua cabeça, e usa isso para controlar a câmera do jogo. Basicamente, você vira a cabeça um pouco para a esquerda e o jogo vira a câmera para a esquerda. O movimento é amplificado de forma que um movimento pequeno da cabeça corresponde a um movimento maior da câmera—assim você pode, por exemplo, olhar para o retrovisor direito sem ter que virar a cabeça ao ponto de não conseguir olhar para o monitor.

Infelizmente, o TrackIR é caro. Neste post eu falo sobre alternativas baratas/free para controlar a câmera com a posição da cabeça, da forma que o TrackIR faz.

Veja uma dessas alternativas em ação:

(leia na íntegra…)

Clique para ver comentários ou comentar...


Olá, pessoal.

Instalei o mapa Projekt Szczecin 4.0.1, e gostei bastante. Mas quando faço uma meia-viagem começando em Kołłątaja (e.g. linhas 57 e 63) os passageiros não sobem nem em Kołłątaja nem no primeiro ponto seguinte. A partir do segundo ponto depois de Kołłątaja eles sobem normalmente. Alguém sabe o que estou fazendo de errado?

Clique para ver comentários ou comentar...


OMSI2_20160904_225225

E aí, pessoal. Essa é minha primeira skin. Fiz do zero a parte externa e as placas da lateral e da frente (a que fica atrás do pára-brisa), com base no manual de identidade visual da SPTrans (disponível aqui: http://www.sptrans.com.br/sptrans_acao/identidade-visual.aspx) e em fotos que achei na internet.

(leia na íntegra…)

Clique para ver comentários ou comentar...